Ramos-Horta: alegria constatar o compromisso de todos

O Representante Especial do Secretário-Geral da ONU, José Ramos-Horta, considera positivos os contactos mantidos depois da 1ª Volta das Presidenciais e das Eleições Legislativas na Guiné-Bissau.
O Nobel da Paz disse ter já mantido contactos recentes com o Presidente da República da Transição, Serifo Nhamadjo, com as chefias militares, com dirigentes das principais forças políticas, mas também, de partidos que não obtiveram assento, na eleição para a nova Assembleia Nacional Popular.
(Audio file: JRH contactos com todos)


___________________________________________________________________

RESG: Boatos sem fundamento

O Representante do Secretário-Geral da ONU na Guiné-Bissau considera “sem qualquer fundamento”, alguns boatos postos a circular, sobre ameaças à segurança ou à estabilidade no País.
José Ramos-Horta, em declarações aos jornalistas em Bissau, garante que a situação está tranquila, nem é de prever que haja qualquer motivo para uma desestabilização, no curto prazo.

(Audio file: JRH situação tranquila)


____________________________________________________________

Ramos-Horta pede compreensão

O Representante Especial do Secretário-Geral da ONU admite que os problemas orçamentais que a Guiné-Bissau enfrenta neste momento e que afectam muitos funcionários públicos, deverão ser parcialmente ultrapassados nas próximas semanas.
José Ramos-Horta pede a todos algum sacrifício, dado que as autoridades guineenses com o apoio de instâncias internacionais, estão a analisar as necessidades imediatas do País.
(Audio file: JRH compreensão)