Transcrição para português da minha intervenção no CSIS (Centro para Estratégia e Estudos Internacionais) em Washington para a conferência “Challenges to PeaceMaking and Peacebuilding in Asia” quando questionado sobre a escolha de Português e Tetum como línguas oficiais. Maio de 2013. Veja o video aqui

An excert of my intervention at the CSIS( Center for Strategic and Internation Studies) in Washington when asked about the Timor-Leste official languages. May 2013. Watch the video Here

////Transcrição para Português

A língua portuguesa continua a ser uma das duas línguas oficiais. Tetum é a língua oficial mas também o Português. Temos também duas línguas de trabalho: Bahasa Indonésia, que é falado por 36% da população e o Inglês, muito menos…eu não confio muito nas nossas estatísticas mas é alto neste momento.

Existem já muitas pessoas, particularmente na capital, a aprender o inglês. Por isso, esta vertente será mantida durante algum tempo sendo que alguns argumentam que foi uma tolice da nossa parte escolher o português como língua oficial.

Eu devo dizer que um bom amigo meu de Washington, do Senado dos Estados Unidos (não devo dizer o seu nome, um senador, indivíduo adorável, o homem mais decente que se pode encontrar em Capitol Hill.)  certo dia me convidou a Washington,  mobilizando toda a gente para este café comigo. Até o Joe Biden estava lá ( ainda senador na altura) e o Ted Kennedy.

Ele então disse:

“José, você sabe que toda a gente o adora nesta casa. Sempre que pede isto ou aquilo, nós ajudamos, mas esta ideia de ter o português como língua oficial é uma das maiores tolices que já ouvi” e ainda acrescentou: “Se escolher o inglês, Timor-Leste entrará imediatamente no século XXI.” Bom, naquela altura, a Libéria estava na capa de todos os jornais dos Estados Unidos e eu disse  ao senador (Tenho de ter cuidado para não dizer o nome dele):

“Estará a dizer que a vossa antiga colónia Libéria já está no séc. XXI?”

O inglês é importante mas não abre as portas para o paraíso. Posso mencionar uma inúmera lista de países na Ásia e em África que têm o inglês como lingua oficial desde a sua independência e não estão propriamente no séc. XXI.

Posso também citar alguns países em África que têm o português como língua oficial e estão a fazer um grande trabalho sem ter petróleo e sem terem gás.

Cabo Verde! Cabo Verde é um dos países com melhor governação em África ou no Mundo. Sem gás, sem petróleo, têm apenas pedras, rochas e agora o turismo….e falam português.

Posso mencionar outros….Costa Rica! Sem exército, sem petróleo, muito rica….Falam espanhol! Não o inglês.

Agora alguns acham que o inglês resolve todos os problemas da humanidade….não é verdade. Ajuda sim, no acesso à ciência, tecnologia e por ai fora.

Os timorenses são poliglotas incríveis. Não encontram um timorense que não fale no mínimo três a quatro línguas. Como por exemplo o espanhol. Aprendem o espanhol com uma grande facilidade. Temos timorenses que foram estudar para Cuba (Medicina) e quando voltaram fiquei espantado com o que aprenderam em três/quatro meses. Eu falo espanhol e quando conversei com eles perguntei: “Quanto tempo estudaram?” e responderam: “Um mês…dois meses…três meses”.

Nós temos estudantes/profissionais na Coreia do Sul, eles falam a língua coreana. Um até fez um doutoramento em coreano! Temos centenas na China, em licenciaturas diferentes a falarem mandarim fluentemente. Alguns também já estiveram no Japão, na Academia Naval Japonesa. Eu tive tanta pena destas pessoas. Eu disse “ Meu Deus, vocês sobreviveram a uma escola Japonesa? Uma Academia Naval Japonesa?” e sim, sobreviverem com muito êxito. Uma Academia Naval Japonesa algures no sul, muito rigorosa. Portanto, não temos problemas com isto.

Apenas Americanos e Australianos, que só conseguem falar uma língua, ficam confusos no porquê dos timorenses falarem várias línguas.